SPFW: Apto 03 emociona com losangos, plissados, metalizados, acinzentados e mais!

Um performático solitário, com aquela cauda imensa preta, em designs de rosas vermelhas, portando um ramalhete suntuoso, abriu o desfile do querido Luiz Cláudio, da Apartamento 03, no último dia da maratona dos desfiles da São Paulo Fashion Week . Era só para dar timbre ao ‘devir’. O fundo em opacidade, tangenciou losangos em pretume, linhas desconexas, numa atmosfera híbrida e mendigante.

O palco então se camufla para a passagem de uma vibração rápida em azul alarmante e alfaiataria vermelha, acinturada, em veludo cotelê [lembra dele?]. Luiz conseguiu ‘printar’ as mais belas estampas em flores, no tecido escuro. E o melhor: trouxe exatamente para o outono-inverno 2020, as tendências da primavera-verão da Europa e Estados Unidos; trocando em detalhes: pantalonas ‘volumosassss‘.

O ‘mule’ [sapato baixo fechado na frente, com calcanhar de fora] foi o advento da emoção, ao parear com a cor da roupa. Um marinho deu a opção de haver encrustação de mini rosinhas; os verdes se verteram em posição mais fechada, dimensionando capas longilíneas.

Nesse reino de encantamento, a asa da graúna [preto] posou sorrateiramente em conversas esbaforidas com bolsos agigantados e também se fez presente na saia mais suntualizante dessa edição de moda: a tal cinza plissada, em teclas de piano coloridas. Metaforizou-se a canção! O discreto dourado apareceu, então, numa posição semi relevante, lembrando que ode acaba, termina, sobra…

Ainda na encruzilhada fashion, a ambivalência enalteceu os símbolos de ‘glam‘. Deve ser porque a capacidade de solucionar determinadas infestações fashionistas contestam zilhões de teorias imperativas. O que funciona nessa grife é o teor da simplicidade costurado em códigos tão significativos, que ao invés de derramar apenas elegância na passarela, sintoniza sentimentos.

E abaixa a música, extingue-se tudo, mas o homem triste, perdido, cambaleante, da braçada de flores, oferece a primeira a Patrícia Bonaldi (PatBo), depois a Isabella Fiorentino, segue até a ex-miss Brasil, Raissa Santana, drapeia com os aleatórios da primeira-fila. E a ‘rosadana’ pontilha no show mais estonteante dessa temporada. VALEUUUUUUUUUUUUUUUUU, meninos danados, em ‘outras ficções’!

ABAIXO, VEJA AS IMAGENS E SAIBA TUDO SOBRE O QUE ESTOU FALANDO!!

COLE EM ANA MARIA DE SOUSA:

blog: anamariadesousaoficial

ig: https: //www.instagram.com/anamariadesousaoficial

p: https: br.pinterest.com/aninhasousa9

e-mail: anamariadesousa27@yahoo.com.br

Fotos: bloganamariadesousaoficial

O florista não viu sua musa, mas em compensação mostrou atitude com a *saiona”

Autor: Ana Maria de Sousa

Jornalista. Colunista de moda. Mestre pela FFLCH-USP. Doutoranda na PUC-SP, pesquisa sobre o vestiário de Nossa Senhora de Guadalupe em relação a cultura asteca e a história da arte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s